Arquivo Escolar            
 

Arquivo Escolar >

Área do autor

Novo autor? Registe-se aqui.

Para entrar por favor forneça os seguintes dados:

Esqueceu a sua senha?

Perguntas frequentes


  Para que serve o Arquivo Escolar?
  Que género de material aceitam no Arquivo?
  Quem se pode registar como autor e submeter um curso ao Arquivo?
  O que ganho em disponibilizar o meu curso no Arquivo?
  E o que não ganho?
  Escrevi um curso sobre um tópico que já está coberto no Arquivo Escolar. Devo colocá-lo online?
  Se decidir disponibilizar o meu curso no Arquivo Escolar, manterei os meus direitos de autor?
  Os cursos já submetidos podem posteriormente ser substituídos por novas versões?
  Uma vez submetido, posso retirar o meu material do Arquivo?
  Se o meu material aparecer no Arquivo Escolar, não aumenta o risco de ser plagiado?
  O que é o Perfil dos Autores?

 
  Para que serve o Arquivo Escolar?

  Atualmente milhares de professores do ensino superior preparam sebentas, apostilas e cursos escritos que utilizam como manuais para as suas disciplinas. Estes cursos, todavia, ou não estão disponíveis online, ou estão dispersos por milhares de páginas pessoais e websites de diferentes universidades. Este método de arquivamento disperso é extremamente ineficiente e, para um utilizador remoto, é difícil saber onde procurar.

No Arquivo Escolar pretendemos recolher e divulgar estes textos educativos numa plataforma central e de busca fácil. Se estiver acessível e for fácil de encontrar, o seu curso pode ser extremamente útil noutras universidades e noutros países de língua portuguesa.


 
  Que género de material aceitam no Arquivo?

  Nesta fase aceitamos para depósito apenas textos de índole pedagógica, com conteúdo substancial, cientificamente incontroverso e apropriado ao ensino de nível universitário. Em condições normais não serão aceites artigos e teses de investigação, textos em poucas páginas soltas, bem como material cujos alicerces científicos não sejam solidamente reconhecidos no meio académico.

De momento a plataforma apenas aceita submissões em formato PDF ou HTML, embora de futuro o espectro possa ser alargado. Cada submissão pode ser constituída por um ou mais ficheiros relacionados.


 
  Quem se pode registar como autor e submeter um curso ao Arquivo?

  De momento estabelecemos como requisito que o autor da submissão esteja afiliado a uma instituição de ensino ou investigação (que deverá ser indicada) e que, no mínimo, tenha completado o grau de Mestre ou equivalente. O não cumprimento deste requisito é motivo suficiente para a recusa da submissão ou remoção posterior do depósito.


 
  O que ganho em disponibilizar o meu curso no Arquivo?

  1) Exposição e divulgação do seu trabalho numa plataforma central, aberta a todas as universidades e países de língua portuguesa.

2) Satisfação pessoal por ter audiências maiores e permitir que o seu material seja útil para alunos de todos os países da CPLP.


 
  E o que não ganho?

  1) Remuneração monetária.

2) Renome académico por publicar material numa plataforma exclusiva com padrões de arbitragem muito seletivos.

O trabalho de arbitragem exigente de publicações, o trabalho de diferenciação e hierarquização de cientistas e académicos, é já feito atualmente pelas revistas científicas e pelas editoras. O Arquivo não pretende substituir as revistas e as editoras, que aqui mantêm intacto o seu papel. Ao invés, o Arquivo pretende criar uma via paralela e mais informal para partilhar o muito material educativo que hoje em dia existe disperso e não é publicado.


 
  Escrevi um curso sobre um tópico que já está coberto no Arquivo Escolar. Devo colocá-lo online?

  Existe uma infinidade de formas de transmitir o conhecimento. A abordagem de um curso deve reflectir tanto os interesses e conhecimentos dos seus autores, como os da audiência a quem é dirigido. E, dentro do mundo de língua portuguesa, audiências com preparações e necessidades diferentes é coisa que não falta! Por isso o Arquivo Escolar pretende acumular vários cursos dentro de cada especialidade. É nossa convicção que a variedade de oferta é indispensável, e que entre milhões de alunos cada curso encontrará a sua audiência apropriada.

Assim, caro autor, não deixe de disponibilizar o seu curso apenas porque o tema já está coberto no Arquivo. A sua abordagem é certamente única, diferente da dos outros autores; a sua escolha de tópicos, ritmo de exposição e ordenação de matérias será seguramente a mais adequada em muitos contextos.


 
  Se decidir disponibilizar o meu curso no Arquivo Escolar, manterei os meus direitos de autor?

  O Arquivo Escolar não pede a transferência de direitos de autor. Por essa razão, para que o seu curso possa ser divulgado na nossa plataforma, necessitamos que nos dê o seu consentimento formal. Este consentimento é expresso sob a forma de uma licença permanente e não-exclusiva de distribuição que lhe será apresentada durante o processo de submissão do curso. Com esta licença poderemos depositar e divulgar o seu curso no Arquivo Escolar.

Aparte esta licença, continuará a reter todos os direitos de autor sobre o seu material disponível na plataforma. Se desejar ir mais longe e permitir que os leitores utilizem o seu material legalmente de forma mais livre, recomendamos que adopte uma das "Creative Commons Licenses" disponíveis gratuitamente aqui. Se adoptar uma destas licenças, deverá mencioná-la de forma visível nas páginas iniciais do seu curso.


 
  Os cursos já submetidos podem posteriormente ser substituídos por novas versões?

  Sim. Para o fazer basta entrar na sua área de autor, iniciar uma nova submissão e, no primeiro passo desta, indicar o artigo submetido por si que pretende substituir. Caso a sua nova versão seja aceite pelos moderadores do Arquivo, então ela automaticamente substituirá a versão antiga, que por sua vez deixará de ser visível.

Não obstante, pedimos aos autores para depositarem no Arquivo apenas material revisto e na sua forma final. Rascunhos e artigos incompletos não são aceitáveis.


 
  Uma vez submetido, posso retirar o meu material do Arquivo?

  Sim, mas desencorajamos essa prática. Para qualquer biblioteca ou arquivo a estabilidade do espólio é um valor precioso, pois só conteúdos estáveis podem constituir material de referência e citação. Nenhum leitor gosta de ir a uma biblioteca e descobrir que o livro que procura entretanto já desapareceu. Pedimos portanto aos autores para evitarem retirar os cursos já disponibilizados ao público.

Contudo, se desejar retirar do Arquivo um artigo por si submetido, deverá enviar-nos uma mensagem expressando a sua vontade e indicando o respetivo identificador e código privado (os dados que lhe foram fornecidos por email logo depois da submissão). Dentro de um curto prazo nós retiraremos do domínio público todos os ficheiros que carregou aquando da submissão. Note que para posterior referência, porém, a informação auxiliar sobre o artigo -- o título, sumário, nome dos autores, etc. -- permanecerá visível tal como antes, e em vez dos ficheiros colocaremos apenas a nota "Artigo retirado a pedido dos autores". Desta forma o artigo não se evapora por completo, ficando registado que o material já esteve no Arquivo Escolar e qual era a sua natureza.


 
  Se o meu material aparecer no Arquivo Escolar, não aumenta o risco de ser plagiado?

  Depende de onde agora o guarda.

Se tem o seu artigo numa página web pessoal, então o Arquivo é certamente mais seguro. O plágio sério e gravoso, pela sua natureza ilícita, prefere sempre as fontes recônditas e difíceis de encontrar. Um artigo exposto à vista de todos num arquivo público e aberto - um arquivo com datas, autores e conteúdos fáceis de encontrar - é um alvo muito menos tentador. Tal como no caso de um livro com grande circulação, a própria exposição pública do artigo funciona aqui como proteção.

Se o seu material nunca esteve online, então sim, efetivamente o risco de plágio aumenta um pouco. Mas infelizmente esta é uma desvantagem inevitável sempre que se difunde a informação. É um preço a pagar pela divulgação do seu trabalho e pelas muitas boas utilizações que o seu curso pode ter. Uma informação mais acessível é por definição mais fácil de absorver e manipular; seja para bons fins, seja, em casos pontuais, para maus fins. O risco de abusos aumentou com a impressão em série de livros e com o aparecimento da internet, que contudo também trouxeram imensos benefícios. Cabe pois a cada autor ponderar se, no seu caso, os riscos da divulgação superam ou não as vantagens.


 
  O que é o Perfil dos Autores?

  Na página principal de cada curso depositado no Arquivo Escolar, além dos ficheiros e informações sobre o curso, existe um link sob o texto "Perfil dos Autores". Este link permite aos autores, caso o desejem, facultar aos utilizadores informações adicionais sobre si, como por exemplo um link para a sua página web pessoal, ou uma descrição breve dos seus interesses científicos. A apresentaçáo desta informação é inteiramente opcional, e o perfil só aparecerá se o autor o indicar expressamente no momento de submissão do curso. Se um artigo tiver vários autores, apenas os autores registados no Arquivo Escolar poderão ativar o seu perfil.

 

  DSpace Software   Copyright © 2002-2010    Contatar o Arquivo